Mensagem do Presidente

Discurso índio, in Irish Press

A natureza é nossa casa, a água é nosso sangue, o ar é nossa vida.

O ar que respiramos é o mesmo que os animais e plantas respiram.

O veneno com que envenenamos o ar é o mesmo com que o ar nos envenena.

A água que nos corre nas veias é a água que corre nos rios.

É certo que «enquanto o poço não seca, não sabemos dar valor à água», já dizia um pensador inglês do século XVII (Thomas Fuller). Mas a água não é um recurso inesgotável, ou, pelo menos, fica cada vez mais caro tê-la disponível.

Lançar lixo nas ruas da nossa aldeia, nas praças da nossa cidade e nos bosques dos nossos campos é degradar o lugar onde vivemos, é sujar a nossa própria casa.

Os Serviços Municipalizados de Abrantes têm a missão pública de garantir água de qualidade nas nossas casas, de encaminhar e garantir o devido tratamento dos efluentes domésticos e resíduos sólidos urbanos. Somos uma grande equipa (mais de 100 pessoas) velando dia e noite para garantir um bom funcionamento destes serviços essenciais. Estamos cientes que, sem a colaboração de todos, o nosso esforço não será suficiente para bem cumprir esta missão. Mas também sabemos que os abrantinos estão informados, são sensíveis ao ambiente e que amam a sua própria terra.

O Presidente Conselho Administração

<< voltar à página anterior